terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Giro no Pedal - Rota das Aldeias Históricas - Castelo Mendo

Rota das Aldeias Históricas


 Por: Miguel Teixeira


( EPISÓDIO 1 - CASTELO MENDO)

Como  já se vinha falando e vinha sendo alinhavado, no ultimo dia do mês de Janeiro iniciou-se essa cruzada pelas aldeias históricas do distrito da guarda.
Matar dois coelhos de uma cajadada só (é só uma expressão amigo Helder, calma !!!), esses “2 coelhos” são: fazer o que gostamos, rolar com as jingas e por outro lado conhecer o que de bom tem a nossa terra. Por vezes nem sabemos que existem ou então não lhe damos o devido valor.

Feita a introdução, tempo de partir a caminho de CASTELO MENDO…

8:30 da manha – Forninho da Estação, ponto de reunião do team.
Com mais ou menos atraso o pessoal lá se reuniu (só o Filipe foi cumpridor).
Café tomado é hora de partir…
Éramos 6 (MIGUEL, BRUNO, VICTOR, FILIPE, COELHO E DIONÍSIO) este último foi o caloiro do grupo (pareceu-me que gostou e quer continuar)
Lá partimos notando-se que ainda havia caras ensonadas do tipo:  ...dormidos à pressa.


Com calma como deve ser pois não tinha havido aquecimento prévio nem CAI-BENS -- BEBIDA OFICIAL DA EQUIPA.

ESTAÇÃO - ARRIFANA - GONÇALBOCAS - JARMELO - GRANJA - PÍNZIO; trajecto percorrido sem percalços de maior, registando-se apenas a necessidade de uma afinação rápida na potente viatura do Bruno, nada de grave…


Chegados a Pínzio, reabastecimento, há que provar a ginja do “ Ti Moita” no Café Central.


Tiradas umas fotos, malhados os CAI-BEM e aumentado o plantel com mais um elemento, o CARLOS, lá demos inicio à segunda parte do percurso, talvez um pouco mais dura que a primeira.
Descida à Ribeira das Cabras, subindo em seguida ao ALTO do LEOMIL (na teoria a parte mais difícil do percurso) para em seguida rolarmos os últimos kms até ao destino traçado (CASTELO MENDO).


Antes de chegar tivemos direito a 2 kilometrozinhos de “terra”, que serviram para adoçar a boca pois iriam ser os únicos.
Chegados, toca a reunir, foto de equipa para memória futura…


Entretanto chegou o amigo Eduardo e o filhote que decidiram fazer uma visita ao pessoal das  jingas
Visita á bonita aldeia (igreja, pelourinho, muralhas, etc) mas que, mais uma, está votada ao abandono e à desertificação, não perdendo no entanto a beleza de uma aldeia cheia de história.


De partida regressando á Guarda, decidimos arranjar uns atalhos para encurtar caminho e sair de CASTELO MENDO.
Mas… já os velhos diziam: “quem se mete por atalhos mete-se em trabalhos” e assim foi mas o carreiro até teve a sua graça…



Mais alcatrão, “betuminoso” segundo o bruno (ele lá saberá).
Primeiros kms sempre a subir, “durinho”.
Chegados a ADE e decidido o caminho definitivo de regresso recorrendo ás novas tecnologias - GPS -  e ás velhas tecnologias  - PESSOAS DA ALDEIA, lá seguimos em direcção à parada, percurso este que foi fértil em ocorrências (leia-se quedas) sem importância felizmente, FILIPE e COELHO foram os infelizes contemplados.



Rochoso era o próximo objectivo e lá fomos nós. Nesse percurso ficamos a “saber” que um elemento da equipa tem a vassoura maior que a dos restantes (bênção da natureza ou erro de impressão, vá-se lá saber !!!).
Chegados ao Rochoso, reabastecimento com a bebida oficial para que a última tirada corresse da melhor forma.


De regresso à estrada, uma não íngreme mas longa subida que fez com que alguns elementos começassem a vacilar (eu principalmente), afinal já lá iam uns kms nas pernas.
Ultrapassada essa dificuldade, descida ate Pousade (soube bem).
Mas já se sabe como é: descida saborosa dá em subida penosa…
Direcção a Casal de Cinza, a mais ou menos custo lá se foi avançando.
Digo a mais ou menos custo, não só para o homem, pois também as máquinas já davam de si, pedais gripados e uns ruídos aqui e ali.


Em Casas do Bragal e como já se fazia tarde o grupo decidiu separar-se, uns para chegarem à Guarda e outros para regressarem à Castanheira.
E assim se resumiu um domingo bem passado com uma boa dose de dureza mas também com uma não menos boa dose de prazer.

FOI BOM PESSOAL !!!   SAUDAÇOES VASSOURISTAS


Dados Técnicos:





 


Rota das Aldeias Históricas - Castelo Mendo from Bike Vassoura on Vimeo.

4 comentários:

Coelho disse...

Estes setenta e tal kms souberem que nem ginjas :)

Bruno disse...

Espectaculo Miguel!!!

tens jeito!!!

Queres fazer o proximo?

Coelho disse...

Bem que podia...
O nosso redactor desta semana está de parabéns. Bom post!

Bruno disse...

Miguel, prepara as pernas.... DOMINDO HA MAIS!!!!!!!

MUITO MAIS!!!!!!!!!!!


TENHAM MEDO!!!!!!!!